O DIABO PODE REALIZAR MILAGRES? COMO SABER SE É DE DEUS?

            Você deve ter conhecido alguém que recebeu um milagre em um lugar que não servia a Deus e ai se perguntou: como é que fica? Foi o diabo que fez o milagre? Pois é, há 22 anos procuro por esta resposta e, finalmente, encontrei uma que seja consistente e satisfatória.

            Quando uma pessoa recebe um milagre verdadeiro e foi por causa de um voto feito a um “santo” cria-se uma confusão na mente. O milagre é verdadeiro, pois conhecemos a pessoa e não foi fraude. Ai vem a questão: Deus condena a idolatria, e o diabo não tem poder para realizar milagres permanentes, quem é que fez isso? O que aconteceu?

            Essa era a questão que também “mordia” a minha mente. Qual resposta teológica daríamos para isso? Se o milagre for falso, não há o que dizer, mas a questão é quando o milagre realmente é verdadeiro. Dar glória a Deus em um ambiente onde o crédito é dado a uma imagem de escultura? Deus está aprovando isso?

Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça” (2 Timóteo 3.16)

As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, mas as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que observemos todas as palavras desta lei”(Dt 29.29)

Porquanto, tudo que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que, pela constância e pela consolação proveniente das Escrituras, tenhamos esperança”(Romanos 15.4)

            Na regra da hermenêutica diz que as Escrituras interpretam as próprias Escrituras. Então vamos lá.

PROFETA FALSO E PROFECIA FALSA: “Quando o profeta falar em nome do Senhor e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com presunção a falou o profeta; não o temerás” (Dt 18:22).

A GRANDE QUESTÃO: “E, se disseres no teu coração: Como conheceremos qual seja a palavra que o Senhor falou? (Dt 18:21)

PROFETA FALSO E MILAGRE VERDADEIRO: “Se levantar no meio de vós profeta, ou sonhador de sonhos, e vos anunciar um sinal ou prodígio, e suceder o sinal ou prodígio de que vos houver falado, e ele disser: Vamos após outros deuses (deuses que nunca conhecestes) e sirvamo-los, não ouvireis as palavras daquele profeta, ou daquele sonhador; porquanto o Senhor vosso Deus vos está provando, para saber se amais o Senhor vosso Deus de todo o vosso coração e de toda a vossa alma” (Dt 13:1-3)(Negrito meu).

            O milagre(sinal ou prodígio) sucedeu, isto é, aconteceu. O profeta é falso mas o prodígio é verdadeiro.

            o Senhor vosso Deus está provando: foi Deus que realizou o prodígio e não o diabo, nem a imagem de escultura ou quem é referenciado nela;

Propósito: … para saber se amais o Senhor vosso Deus de todo o vosso coração e de toda a vossa alma.

SOLUÇÃO: “…Vamos após outros deuses”. AQUI está a chave para saber. O milagre aconteceu, mas há permanência da adoração a outros deuses ou o convite.

OBJETIVO: saber se realmente a crença que alguém vive é realmente em Deus ou não. Deus condena a idolatria (Êxodo 20) bem como qualquer tipo de glórias a elas e se alguém credita o milagre a elas está desviando das palavras de Deus.

 

Roni Evangelista

Roni Evangelista

Um dos Coordenadores da UMADERM
Licenciatura em Teologia pela FAETEL (RJ)
Bacharel em Teologia - FEST/FAERPI - PI
Mestrado e Doutorado em Teologia Evangélica - SETEB (RN)
Roni Evangelista

Roni Evangelista

Um dos Coordenadores da UMADERM Licenciatura em Teologia pela FAETEL (RJ) Bacharel em Teologia - FEST/FAERPI - PI Mestrado e Doutorado em Teologia Evangélica - SETEB (RN)

Leave a Reply